Notícias
Saúde desenvolve prevenção às hepatites a funcionários de empresas
01/08/2019
Legenda: Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem / Fotos: Secretaria da Saúde de Lages / Credito:

O Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais foi celebrado em 28 de julho 
Daniele Mendes de Melo

O Julho Amarelo é o mês de combate às hepatites virais e, para promover a prevenção a estas doenças, a Secretaria da Saúde de Lages realiza uma operação em parceria com a Vigilância Epidemiológica, Diretoria de Atenção Básica e Rotary Club, em que o Rotary faz a intermediação com as empresas, fornece os kits contra a hepatite C e o transporte dos profissionais envolvidos na ação. A Vigilância Epidemiológica e a Atenção Básica fornecem os kits de diagnóstico da hepatite B, vírus HIV/Aids e sífilis, além de disponibilizar os profissionais capacitados para realizar os testes. Os resultados estarão disponíveis na sede da Vigilância, ao lado da Policlínica Municipal, e podem ser retirados pela própria pessoa, com documento de identificação.

As corporações já atendidas foram a Reunidas, com 25 pessoas que realizaram os testes para a detecção dos quatro agravos, e as três unidades das lojas Zago da Praça Vidal Ramos Sênior, avenida Duque de Caxias e marginal da BR-282, beneficiando 75 pessoas. Para os dias 8 e 9 de agosto está agendada a visita na empresa Flex Relações Inteligentes, e está em tratativa a visita noturna à Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) nos dias 7 e 8 de agosto.

Em janeiro de 2019, foi sancionada a Lei Federal nº: 13.802, que institui o “Julho Amarelo” no território nacional, destinado a chamar a atenção para a luta contra as hepatites virais e tem por propósito reforçar as mobilizações de vigilâncias, prevenção e controle do agravo, bem como conscientizar sobre os riscos, alertar sobre as formas de prevenção e estimular as pessoas a se vacinarem contra as hepatites A e B e a buscarem o diagnóstico precoce.

Segundo o Ministério da Saúde (MS), o Julho Amarelo faz também referência à data escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a celebração do Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais (28 de julho).

A hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas,e é considerada problema de saúde pública no Brasil e no mundo. No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C.

Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Por vezes silenciosas, as hepatites B e C nem sempre apresentam sintomas e podem evoluir para forma crônica e causar danos mais graves ao fígado, como cirrose e câncer. A hepatite B não tem cura ainda, mas tem tratamento e pode ser evitada com a vacina. Já a hepatite C não tem vacina, mas tem cura. O tratamento é ofertado no Sistema Único de Saúde (SUS).

Fotos: Secretaria da Saúde de Lages

Galeria de fotos


Localização

Praça Leoberto Leal, 20, Centro
CEP 88501-310

Telefone

(49) 3251-7600

e-mail

contato@saudelages.sc.gov.br
Todos os Direitos Reservados © 2018