Vigilância Ambiental

A Vigilância Ambiental está inserida na Diretoria de Vigilância em Saúde, e é definida como um conjunto de ações qum propiciam o conhecimento e a detecção de mudanças nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interferem na saúde humana, com a finalidade de identificar as medidas de prevenção e controle dos fatores de risco ambientais relacionados às doenças ou a outros agravos à saúde.

Dentre as áreas de atuação da Vigilância Ambiental, está implantada no Município de Lages a Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiágua), que consiste no conjunto de ações adotadas continuamente para garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão de potabilidade estabelecido na legislação vigente para a promoção da saúde e prevenção dos agravos transmitidos pela água.

O monitoramento da vigilância da qualidade da água para consumo humano é realizado em parceria com a Vigilância Sanitária, que realiza as coletas mensais para análise da água. Estas coletas são realizadas no sistema de abastecimento municipal (saída do tratamento e sistema de distribuição) e nas soluções alternativas (individuais e coletivas) de abastecimento de água (poços, nascentes, etc). O mínimo mensal de amostras analisadas no Município de Lages é 26 para os parâmetros turbidez, cloro residual livre e coliformes totais/Escherichia coli, e 09 para o parâmetro fluoreto, conforme determina aDiretriz Nacional do Plano de Amostragem. Os pontos de coleta de amostras são definidos considerando locais de grande circulação (centros comerciais, terminal rodoviário, etc.), instituições que abrigam populações vulneráveis (hospitais, creches, unidades de saúde, instituições de longa permanência para idoso, etc) e considerando a distribuição geográfica que garanta a distribuição espacial das coletas, permitindo uma amostragem do universo da população.

Após as análises, os resultados são inseridos no SISÁGUA, Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano, que tem como objetivo auxiliar o gerenciamento de riscos à saúde associados à qualidade da água destinada ao consumo humano, como parte integrante das ações de prevenção de agravos e de promoção da saúde, previstas no Sistema Único de Saúde.O Siságua armazena informações cadastrais sobre os sistemas e soluções alternativas de abastecimento de água para consumo humano, bem como sobre a qualidade da água proveniente de cada uma das formas cadastradas, inferida pelos prestadores do serviço (controle) e pelo setor saúde (vigilância).

Há ainda a coleta de água de caráter investigativo, caracterizada pela atuação em situações de emergências e surtos relacionados a doenças de transmissão hídrica, em conjunto com as vigilâncias epidemiológica e sanitária.

Considerando a susceptibilidade à contaminação das soluções alternativas individuais, a Vigilância Ambiental realiza a distribuição de Hipoclorito de Sódio às famílias que não possuem acesso à água tratada para desinfecção da água a ser ingerida.

Outra área de atuação deste setor é a Vigilância Ambiental relacionada aos riscos decorrentes de desastres (Vigidesastres), que está sendo implantada em parceria com a Diretoria de Vigilância Sanitária do Estado de Santa Catarina. Esta é definida como um conjunto de ações a serem adotadas continuamente pelas autoridades de saúde pública para reduzir a exposição da população e dos profissionais de saúde aos riscos de desastres e a redução das doenças e agravos decorrentes deles.


Localização:

Praça Leoberto Leal, nº 20, Centro, ao lado do Laboratório Municipal.

Horário de atendimento:

08:00 às 12:00 e 14:00 às 18:00, de segunda a sexta-feira.

Telefone para contato:

(49) 3251-7638

E-mail:

vigi.ambiental@saudelages.sc.gov.br

Localização

Praça Leoberto Leal, 20, Centro
CEP 88501-310

Telefone

(49) 3251-7600

e-mail

contato@saudelages.sc.gov.br
Todos os Direitos Reservados © 2018